Source Pravda.Ru

Estudo aponta que aumentou o nъmero de desabrigados nas cidades americanas

Os abrigos estгo superlotados, e mais pessoas estгo dormindo este ano no chгo de centros de assistкncia social, vivendo em carros ou mesmo nas ruas Em Nova York, Boston e outras inъmeras cidades, o nъmero de pessoas desabrigadas atingiu nнveis recordes, conseqькncia do desaquecimento econфmico que foi acentuado ainda mais apуs os ataques de 11 de setembro.

Uma pesquisa conduzida pela Conferкncia Americana de Prefeitos de 27 cidades divulgada na semana passada mostrou que o nъmero de solicitaзхes nos abrigos emergenciais aumentou em mйdia 13% no ъltimo ano. O relatуrio apontou um aumento de 26% em Trenton, Nova Jersey; 25% na Cidade de Khansas, Missouri; 22% em Chicago; 20% em Denver; e 20% em Nova Orleans.

Uma incomum confluкncia de fatores parece ser responsбvel por este crescimento. Os custos de moradia, que subiram com a expansгo dos anos 90, nгo recuaram, mesmo com o desaquecimento da economia. Portanto, cada vez menos pessoas podem custear um local para viver.

Uma onda de demissхes provocou desemprego entre pessoas de baixa renda. Ainda, as doaзхes para os programas que ajudam os desafortunados diminuнram consideravelmente, disseram as autoridades ao longo do paнs, devido а atual crise econфmica e a concentraзгo de doaзхes para as pessoas afetadas pelos ataques de 11 de setembro.

"Esta й uma concentraзгo de calamidades sem precedentes", disse Xavier de Souza Briggs, professor assistente de polнtica pъblica da Escola John F. Kennedy de Administraзгo Pъblica na Universidade de Harvard. "Й verdadeiramente uma crise".

Autoridades municipais e dos abrigos disseram que as pessoas permanecem desabrigadas por perнodos mais longos, meses ao invйs de dias, em muitos casos.

Nгo existe um nъmero total de desabrigados para o paнs. Especialistas disseram ser difнcil comparar a situaзгo com as estatнsticas das dйcadas anteriores, porque os mйtodos de contagem foram aperfeiзoados. Mesmo assim, diversos especialistas disseram acreditar que os aumentos reportados em cidades como Boston e Nova York refletem a tendкncia nacional.

"Minha impressгo й que existem mais desabrigados hoje do que hб 20 anos", disse Gary Burtless, economista do Instituto Brookings. Burtless disse acreditar que fatores econфmicos nгo seriam a ъnica explicaзгo.

"Acredito que existe um segmento ainda maior de nossa populaзгo que tem ligaзхes tкnues com familiares e amigos, tendo entгo menos recursos em que se apoiar quando algo realmente ruim lhes acontece, como a perda de seu emprego", disse ele.

Diversos especialistas e defensores dos desabrigados predizem que este nъmero deverб aumentar nos prуximos meses, uma vez que os estados e municнpios, que passam por uma crise orзamentбria, reduziram o financiamento para a aquisiзгo de imуveis e outros programas que ajudam a evitar que as pessoas fiquem desabrigadas.

Alianзa do Norte serб extinta em quatro dias, dizem EUA A Alianзa do Norte, que expulsou os talebans de Cabul no dia 13 de novembro, deixarб de existir dentro de quatro dias, declarou hoje em Islamabad o enviado especial norte-americano para o Afeganistгo, James Dobbins.

Dobbins presidiu ontem em Cabul a cerimфnia oficial de reabertura da embaixada dos Estados Unidos na capital afegг, depois de 12 anos de ausкncia norte-americana no paнs.

O enviado norte-americano anunciou tambйm que o prуximo presidente do governo interino afegгo, Hamid Karzai, iniciou "conversas em alto nнvel" com o vizinho Paquistгo, considerado no Afeganistгo como o "padrinho dos talebans" e condenado pela Alianзa do Norte.

A Alianзa do Norte, coalizгo de minorias йtnicas principalmente do norte do Afeganistгo, conseguiu derrubar o regime islamita fundamentalista do mulб Mohamad Omar com a ajuda dos bombardeios norte-americanos.

Para Dobbins, a posse no prуximo sбbado de Hamid Karzai, um chefe tribal pashtu, marcarб o fim da Alianзa do Norte.

O governo interino "nгo serб a Alianзa do Norte, que deixarб de existir dentro de quatro dias", declarou Dobbins.

As relaзхes entre a Alianзa do Norte e o Paquistгo sempre foram tensas.

A Alianзa do Norte acusou os serviзos secretos paquistaneses de terem participado no atentado que matou o comandante Ahmad Shah Massud, chefe da oposiзгo armada aos talebans, no dia 9 de setembro.

"Sei que Hamid Karzai tem mantido contato com o governo do Paquistгo no mais alto nнvel para estabelecer boas relaзхes e estou seguro de que isso continuarб", disse Dobbins.

Dobbins afirmou ainda que Hamid Karzai estб preocupado em responder аs preocupaзхes do Paquistгo sobre o futuro das relaзхes bilaterais com o Afeganistгo.

Saudita que aparece no vнdeo de Bin Laden й identificado O hуspede de Osama bin Laden que aparece no vнdeo transmitido pelo Pentбgono, na quinta-feira (13), era o saudita Khaled Aude Al Harbi, afirmou hoje o xeque saudita Hmud Bin Okla Al Chuaibi.

"O homem que se dirigia a Bin Laden й Khaled Aude Al Harbi, um saudita que num ferimento na Bуsnia-Herzegovina ficou paralisado", afirmou o xeque Al Chuaibi, cujas opiniхes durante a crise afegг foram acolhidas positivamente pelo porta-voz do Al Qaeda, grupo do fundamentalista islвmico Osama Bin Laden.

O jornal saudita "Asharq Al-Awsat" tinha identificado ontem o interlocutor de Bin Laden como o saudita Khaled Aude Mohamed Al Harbi, que nгo regressou ao seu paнs apуs aparecer no vнdeo com o chefe da Al Qaeda.

Casado com uma sнria e pai de dois filhos, o xeque Harbi combateu na guerra anti-soviйtica no Afeganistгo durante os anos 80 e depois na Bуsnia, onde sofreu ferimentos que o deixaram paralisado, segundo o jornal.

O xeque Al-Chuaibi manifestou novamente seu apoio aos talebans "na guerra empreendida pelos Estados Unidos contra o Afeganistгo".

"Continuamos persuadidos de que os talebans tкm razгo e que a guerra dos Estados Unidos contra Afeganistгo й uma cruzada criminosa", disse o xeque Chuaibi.

Em seus fatwas (decretos religiosos), o xeque legitimou os atentados de 11 de setembro aos Estados Unidos e instou os muзulmanos a defenderem seus "irmгos talebans".

Rumsfeld continua busca por Bin Laden

BRUXELAS - O secretбrio de Defesa americano, Donald Rumsfeld, disse hoje que as forзas lideradas pelos Estados Unidos continuam procurando por Osama bin Laden e por membros da rede Al-Qaeda no Afeganistгo. Segundo ele, a campanha irб durar um longo tempo.

- O esforзo continua. Reduzimos o nъmero de бreas dentro do Afeganistгo onde eles devem estar - disse Rumsfeld, em uma entrevista apуs uma reuniгo de ministros da Defesa da Otan.

- Continuamos fazendo progressos, mas o objetivo ainda nгo foi alcanзado e nгo serб em pouco tempo. Serб duro -, concluiu.

Reuters

Possibilidade de ataque ao Iraque ganha forзa

WASHINGTON - O projeto de estender a guerra contra o terrorismo ao Iraque e seu presidente, Saddam Hussein, pode estar ganhando adeptos e articuladores na Casa Branca, no Pentбgono e atй mesmo no mundo islвmico nas ъltimas semanas, informa a ediзгo de hoje do "The New York Times".

Altos oficiais do Pentбgono ouvidos pelo "Times" revelam que o sucesso da operaзгo militar no Afeganistгo й um dos fatores de motivaзгo para um eventual ataque ao Iraque. Fontes diplomбticas do Oriente Mйdio dгo conta de que os americanos jб teriam conquistado apoio dentro da prуpria comunidade islвmica para atacar.

Apesar de o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, nгo ter feito ainda nenhuma recomendaзгo para lanзar uma ofensiva contra Bagdб, hб discussхes sйrias sobre a possibilidade de derrubar o presidente iraquiano, que manteve-se firme no poder mesmo apуs a derrota na Guerra do Golfo, em 1991. A Turquia, por exemplo, jб teria oferecido aos americanos suas bases para montar a operaзгo.

- Jб dissemos vбrias vezes qye nгo queremos uma operaзгo no Iraque, mas novas condiзхes trazem а tona uma nova avaliaзгo de nossa agenda - disse o ministro da Defesa turco, Sabahattin Cakmakoglu, em entrevista publicada no mкs passado.

Nas duas ъltimas semanas, pelo menos um importante enviado бrabe a Washington concordou que uma intervenзгo americana no Iraque nгo seria um desastre, conforme previa-se anteriormente. O diplomata, cuja identidade й mantida й sigilo, afirmou que a maioria dos paнses do Oriente Mйdio tкm o desejo de ver-se livres de Saddam. Soma-se, ainda, a isso, o desejo da oposiзгo iraquiana em derrubar o presidente, acusado de desenvolver armas quнmicas e biolуgicas, alйm de financiar grupos terroristas.

A medida, porйm, pode provocar um racha na coalizгo antiterror encabeзada pelos Estados Unidos e Grг-Bretanha, jб que os britвnicos e a maioria de seus aliados europeus tкm se mostrado radicalmente contra uma ofensiva contra Bagdб.

Portugal espera eleiзхes

Jorge Sampaio aceitou demissгo do primeiro-ministro e inicia consultas aos partidos

Estб aberto o processo de consultas presidenciais que poderб culminar, em Janeiro, no anъncio oficial de que haverб, na prуxima Primavera, eleiзхes legislativas em Portugal. Parece ser este o mais provбvel desfecho para a actual situaзгo polнtica criada pela recente demissгo de Antуnio Guterres, depois de Jorge Sampaio ter decidido consultar os lнderes partidбrios jб amanhг e depois.

Taxa de alcoolemia de 0,2 suspensa

O Presidente da Repъblica promulgou a lei que suspende o normativo que impunha a taxa mбxima de alcoolemia de 0,2 gramas por litro de sangue para efeitos de conduзгo. A lei foi aprovada pela Assembleia da Repъblica a 30 de Novembro, numa votaзгo que dividiu os socialistas e mereceu a oposiзгo do Bloco de Esquerda. A taxa-limite de alcoolemia permitida aos condutores regressa, deste modo, aos 0,5 gramas por litro de sangue. A nova lei fez estalar a polйmica entre o grupo parlamentar do PS e o Governo, tendo mesmo dividido os deputados socialistas. PS, PSD CDS/PP, PCP e o deputado independente Daniel Campelo votaram a favor, abstendo-se o PEV e 10 deputados socialistas - entre os quais Pina Moura, Jorge Coelho e Vнtor Ramalho. O Bloco de Esquerda e 16 deputados do PS votaram contra. Barros Moura, Manuel Maria Carrilho, Ana Catarina Mendes, Celeste Correia, Maria Santos, Vнtor Peixoto, Josй Lamego, Josй Saraiva, Paula Cristina, Joгo Cravinho, Joгo Pedro Correia, Francisco Torres, Paulo Pisco, Miguel Coelho, Custуdio Fernandes e Sуnia Fertozinhos foram os deputados socialistas que votaram contra a proposta da direcзгo da sua bancada. A aprovaзгo desta proposta socialista - que deitou por terra uma decisгo do Governo - vem repor provisoriamente o anterior limite legal de 0,5 gramas de бlcool por litro de sangue, enquanto decorrem os trabalhos de uma comissгo de acompanhamento cientнfico, que irб verificar, em cerca de 10 meses, os efeitos que o abaixamento da taxa terб na conduзгo.

Arqueуlogos encontram no sul da Itбlia a 'Pompйia da prй-histуria'

NOLA - Um grupo de arqueуlogos descobriu por acaso em Nola, prуximo a Pompйia (sul da Itбlia), uma cidade de cerca de 3.500 anos (idade do bronze), que graзas аs cinzas do vulcгo Vesъvio, apresenta perfeitas condiзхes de conservaзгo, jб sendo chamada de "a Pompйia da prй-histуria". Em уtimo estado de conservaзгo, foram encontradas trкs casas (com muros de madeira), uma бrea para cozinhar, utensнlios domйsticos e tambйm um cemitйrio. Tudo indicando como viviam as pessoas no perнodo de 2100 e 1700 antes de Cristo. O local, de aproximadamente 1.000 metros quadrados, foi descoberto "por um golpe de sorte" pela arqueуloga francesa Claude Albore Livadie, diretora do Centro Nacional de Investigaзхes Cientнficas. "O interesse cientнfico dessa escavaзгo й que nуs encontramos o local numa situaзгo como a de Pompйia, porque a cidade foi sepultada por pedras vulcanicas", explicou Claude. No museu - Em maio passado, quando do inнcio da construзгo de um supermercado, foram iniciados tambйm estudos do terreno e por eles se descobriram restos da idade do bronze na бrea. Os trabalhos de construзгo foram suspensos e de imediato partiu-se para um cuidadoso trabalho de escavaзгo. O trabalho dos arqueуlogos consiste em limpar cada casa milнmetro por milнmetro, tanto no exterior como em seu interior. Esse trabalho possibilitou estabelecer a data do achado. Eles encontraram dezenas de jarros em cerвmica - alguns atй dentro de fornos, o que indica que eram usados para cozinhar alimentos. Tambйm acharam os esqueletos de 13 cabras, algumas atй com fetos e de certa forma protegidas. As escavaзхes devem terminar em um mкs e meio, com os restos encontrados levados para o Museu Arqueolуgico de Nola, um dos mais importantes da Itбlia. As casas encontradas serгo reconstruнdas nele, tal qual foram achadas, documentando a vida no sйculo 18 antes de Cristo. (AFP)

Pravda.Ru

Representatives of the North Korean administration issued a statement saying that the United States and its allies have lost the "political and military confrontation" to the DPRK

North Korea declares victory over USA

Putin made his first public comment on the subject of the recent decision of US President Donald Trump to recognise Jerusalem as the capital of Israel

Putin makes first comment on Trump's Jerusalem decision
Comments
Turkey's Erdogan urges others to recognise Jerusalem as capital of Palestine
Turkish President Erdogan issues ultimatum to Washington and Brussels
Turkey's Erdogan urges others to recognise Jerusalem as capital of Palestine
USA no longer wants Bashar Assad to go
From Cast Lead to Schabas's defeat: The collective punishment repeats
Pentagon can not accept Russia's victory over terrorists in Syria
Turkey's Erdogan urges others to recognise Jerusalem as capital of Palestine
Russia leaves Syria, but USA stays, to spend some more
Russia leaves Syria, but USA stays, to spend some more
The need for a Global Political Agenda 2018
The need for a Global Political Agenda 2018
The need for a Global Political Agenda 2018
Putin makes first comment on Trump's Jerusalem decision
Putin in Egypt: Who's the big player in the Middle East?
Pentagon can not accept Russia's victory over terrorists in Syria
The Netherlands classifies mystery of MH17 crash
Turkish President Erdogan issues ultimatum to Washington and Brussels
North Korea declares victory over USA
India does not want to cooperate with Russia on 5th generation aircraft
Some ideas about North Korea
Boriska: Martian boy on Earth is still mystery